PRF prende caminhoneiro bêbado após denúncia de motoristas

Motorista disse aos policiais que bebeu duas taças de vinho no almoço; ele foi preso pelo crime de embriaguez ao volante

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um motorista por dirigir embriagado, nesta sexta (19), em Mandirituba (PR). Ele conduzia um caminhão carregado com papel.

Por volta do meio-dia desta sexta-feira (19), agentes da PRF receberam uma denúncia, via telefone de emergência da PRF, 191, de um caminhão que estava trafegando em zigue-zague, pela BR-116. De posse das características do caminhão, passaram a realizar rondas para localizar o veículo. A PRF recebeu, pelo menos, cinco ligações de diferentes pessoas.

Próximo à praça de pedágio de Mandirituba, sentido Curitiba (PR), os policiais visualizaram o caminhão e deram ordem de parada ao motorista. O condutor demorou para parar o veículo, e, quando desceu da cabine, desceu cambaleante, com forte odor etílico e a fala enrolada. Ao ser submetido ao teste do bafômetro, o índice gerado foi de 0,76 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), caracterizado como crime de trânsito. O caminhão estava carregado com sete toneladas de papel e ele saiu de Faxinal dos Guedes (SC) e pretendia entregar a carga em Rio Negrinho (SC).

Aos policiais, o motorista disse que bebeu dois copos de vinho em um restaurante durante o almoço e seguiu viagem. Ele foi preso em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante, que tem uma pena máxima de três anos de detenção e suspensão da carteira de habilitação (CNH). Além do crime, ele foi autuado pela infração de trânsito de dirigir sob o efeito de bebida alcoólica, que tem o valor de R$ 2.934,70, sete pontos na CNH e a suspensão administrativa de dirigir por um ano.

Informações PRF/Foto: PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *