FBI pode investigar aplicativo que simula envelhecimento

“Preocupado com a segurança nacional e com os riscos para privacidade de milhões de americanos, o líder da minoria do Senado americano, Chuck Schumer, pediu à polícia federal (FBI) e à Comissão Federal de Comércio para investigar o FaceApp, aplicativo que simula como as pessoas ficariam quando mais velhas.

Em uma carta divulgada na última quarta-feira (17), Schumer pediu que o FBI avalie se os dados pessoais enviados para o FaceApp “podem estar chegando às mãos do governo russo” ou grupos associados a Moscou – os desenvolvedores do aplicativo estão sediados em São Petersburgo, na Rússia. O Comitê Nacional Democrata alertou as campanhas presidenciais contra o uso do FaceApp por causa de suas raízes russas.

No Brasil, a moda também pegou entre os famosos e os usuários das redes sociais. Xuxa, Celso Portiolli, Angelica e Luciano Huck foram algumas das celebridades que divulgaram suas simulações de envelhecimento nas redes sociais. Mais de 80 milhões de pessoas editaram suas fotos através do aplicativo.

com informações do Washington Post e da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *