Vereador Felipe Passos quer legislação interna para coibir uso incorreto do dinheiro público

Vereador do PSDB encaminhou documento cobrando mudanças na legislação interna

O vereador Felipe Passos (PSDB) propôs uma série de alterações no Ato da Mesa Executiva da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) que trata de quesitos de transparência. O ato, baixado pelo presidente Daniel Milla (PV), trata especialmente de questões ligadas ao horário de funcionários em cargo de comissão e da prestação de contas dos vereadores sobre o gasto com diárias – Felipe enviou uma série de questionamentos com pedidos de alteração ao presidente do Legislativo Municipal.

Felipe propôs alteração em diversos trechos do ato da Mesa Executiva. A ideia é acabar com ‘brechas’ na transparência da Câmara. “A decisão do presidente pode ser considerada um avanço, mas ainda precisamos melhorar o texto para evitar que haja possibilidade de que as novas regras possam ser burladas. O dinheiro público é sagrado e deve ser tratado desta maneira”, cobra Felipe.

Um dos aspectos questionados por Felipe diz respeito ao fato de, à pretexto de proibir a realização de horas-extras, em ato editado em janeiro deste ano, a Mesa Executiva dispensou os servidores que recebem gratificação de função de registrarem o ponto biométrico (baterem ponto).

Com informações da Assessoria de Imprensa/Kauter Prado/CMPG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *