Aluna de Direito da UniSecal fica em 3º lugar em evento de empreendedorismo

Ideia empreendedora surgiu de uma experiência que a estudante vivenciou

A acadêmica do curso de Direito da UniSecal, Flávia Rossi Sagaz, participou, entre os dias 14 e 16 de junho, da ‘Startup Weekend – Ponta Grossa’, e sua ideia de projeto empreendedor ficou em 3º lugar no evento. O ‘Refuge’ é um aplicativo que conecta às mulheres vítimas de agressão, com clínicas de psicologia credenciadas a startup. O evento é uma rede global de líderes e empreendedores que tem como objetivo inspirar, educar e capacitar indivíduos, equipes e comunidades, que acontece em cerca de 100 países.

Realizado no Senai Ponta Grossa, a ‘Startup Weekend’ reuniu desenvolvedores, designers, empreendedores, estudantes e interessados no assunto, com o objetivo de idealizar, em até 54h, a construção ou desenvolvimento de uma startup. No início foram apresentadas 30 ideias e, após uma votação, equipes são formadas e as 10 melhores são colocadas em prática.

Saindo do papel

Após a montagem dos grupos, Flávia, juntamente com estudantes da UEPG e UTFPR, teve 54h para desenvolver um modelo de negócio para o ‘Refuge’, além de montar a base do aplicativo. A ideia da empresa, de acordo com a estudante, surgiu de uma experiência que ela vivenciou. “Quando eu vi uma mulher sendo agredida na rua e não obtive resultados quando contatei às autoridades, me veio essa ideia”, explica Rossi.

Por meio do aplicativo, às mulheres vítimas poderão agendar uma consulta presencial com as clínicas de psicologia credenciadas, contando com benefícios financeiros e praticidade. “O ‘Refuge’ também conta com uma área de conteúdo de apoio, além de uma agenda que faz o controle e historifica as consultas”, comenta a acadêmica do curso de Direito da UniSecal, que atualmente está no 6º período.

Apresentação

Ao final do evento, uma pessoa de cada grupo, no caso Flávia, precisa apresentar a startup para cinco jurados em apenas quatro minutos. Durante o ‘pitch’ (apresentação), o empreendedor deve convencer os juízes do porque a empresa é boa e merece ser inserida no mercado. E, após as apresentações, a ‘Refuge’ ficou com o 3º lugar.

Segundo Flávia, participar da ‘Startup Weekend’ e sair como a 3ª melhor ideia foi uma experiência única. “Aprendi muito, inclusive sobre como montar um modelo de negócio. Em relação ao prêmio, foi inesperado e recompensador. É uma sensação de dever cumprido”, finaliza Rossi.Outras informações sobre a ‘Startup Weekend’ podem ser encontradas no site do evento (http://communities.techstars.com/brazil/ponta-grossa-brazil/startup-weekend/14050).

Com informações da Assessoria de Imprensa


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *